UNIESP CALOTEIRA

 

Virou rotina. Mês após mês o grupo UNIESP atrasa os salários dos professores e funcionários.

 

Em plena pandemia, a Faculdade de Guarulhos deixa os trabalhadores à mercê da própria sorte.

 

Já são mais de três meses seguidos de pagamentos com atrasos sem a correção com as devidas multas.

 

O cúmulo do absurdo é acompanhado pelo tom melancólico de uma unidade que não possui sequer um departamento de Recursos Humanos para ser consultado.

 

As férias e o pagamento do décimo terceiro salário também estão pendentes.

 

JÁ BASTA!

EXIGIMOS RESPEITO!

 

Em função do descaso, reafirmando a coragem dos professores, a unidade de Santa Bárbara d´Oeste anunciou uma greve contra os desmandos do grupo!

 

O Sinpro-Guarulhos mais uma vez declara seu apoio e solidariedade aos professores da UNIESP.

 

Seguimos na luta judicial e política para fazer valer nossos direitos!

 

✊🏽 Sindicato é pra lutar!

Guarulhos, 12 de maio de 2021

 

SINPRO-GUARULHOS