::: COMUNICADO ÀS PROFESSORAS E AOS PROFESSORES SOBRE PLR DE 2021
 
Professora, professor,
 
    Na semana passada, o Sinpro Guarulhos enviou comunicado às escolas solicitando que até hoje, dia 14/10/2021, fossem encaminhados os nomes dos representantes da escola que irão compor a comissão paritária. Como tem surgido muita dúvida em relação ao pagamento da PLR, apresentamos alguns esclarecimentos sobre as “informações” que as escolas estão passando aos professores, para orientar cada um de vocês nos seus locais de trabalho.
 
     Antes, contudo, destacamos que a negociação da PLR por escola deve ter como finalidade maior diálogo e organização dos professores, a partir do debate sobre um direito dos docentes. Nos anos anteriores, a PLR foi parte da negociação entre a FEPESP (que faz a campanha salarial unificada dos sindicatos dos professores) e o SIEEESP (sindicato dos mantenedores). No entanto, devido à intransigência do SIEEESP que pretendia retroceder em direitos já conquistados, esse ano o tribunal decidiu que a negociação da PLR deve ocorrer por escola.
 
     Alguns professores estão informando que, nas escolas onde lecionam, a direção está afirmando que o SIEEESP orientou a não formar a comissão, pois alega que haver recurso judicial. Porém, trata-se de uma sentença, resultante de julgamento, no qual 12 desembargadores decidiram sobre cada uma das cláusulas. O não cumprimento da cláusula de PLR implica em multa de 10% sobre a folha de pagamento. Ao seguir a orientação do sindicato patronal as escolas cometem uma irregularidade, descumprindo ordem judicial, e assumem o risco de tomar uma multa.
 
     Diferente do SIEEESP, o Sinpro Guarulhos está esclarecendo o teor da decisão e orientando professoras e professores sobre como fazer valer este direito e como ampliar sua organização por local de trabalho.
 
✊🏾Sindicato é pra lutar!
Outubro/2021